Apelo às Escolas de Música

Para os Conservatórios e Escolas de Música

A musicologia portuguesa da atualidade confirma-nos que António Fragoso foi um dos compositores que mais marcou a música nos princípios do século XX. E também no estrangeiro Ele é cada vez mais reconhecido como um compositor português de grande valor.  As suas obras estão mais e mais a ser tocadas não só pelos portugueses, como também pelos músicos internacionais.

Por isso, a Universidade de Coimbra e a Associação António Fragoso desafiam  as Escolas Superiores, os Conservatórios e todas as Escolas de Música de Portugal a integrarem aos “Comemorações do Centenário da Morte de António Fragoso”, de Outubro de 2017 a Outubro de 2018, e considerem o ano letivo como o ano de ANTÓNIO FRAGOSO.

Façamos, então,  todos uma sentida homenagem a esse “Génio feito Saudade”.